Cidadania Italiana

Como conseguir tirar a cidadania italiana na Itália?

2ª fase do processo

Depois de ter decidido dar entrada no processo na Itália, como pode ser lido em /dupla-cidadania-italiana/primeira-fase-do-processo-na-italia”>“Como conseguir tirar a cidadania italiana na Itália? 1ª fase do processo”, já na Itália, você requerente deve:

  1. 1. receber o carimbo de entrada no bilhete aéreo no primeiro país europeu em que desembarcar e que pertença ao Acordo de Schengen, no caso, Itália (ou outro país europeu). Essa etapa é essencial para se iniciar o processo de reconhecimento da cidadania italiana na Itália, e já serve como declaração de presença no país. Se você está chegando de outro país da Europa você precisará fazer a declaração de presença na Questura. É este carimbo no passaporte que permitirá sua estadia na Europa e no território italiano durante 90 dias com a motivação turismo.
  2. 2. encontrar um imóvel (casa, apartamento, etc.) e depois solicitar sua inscrição anagráfica, ou ainda, um pedido para registrar sua residência ao Comune Italiano. Esse Comune faz um controle sua moradia no local indicado através de um Vigile do Comune, que faz visitas surpresas para poder verificar quem está morando no local. Logo, a solicitação do reconhecimento da cidadania italiana diretamente na Itália é possível somente se o requerente residir em algum Comune Italiano.

    Você requerente deve encontrar um local para residir nos primeiros 8 dias úteis após a sua chegada à Itália. Por isso, é ideal que o requerente registre sua residência com o auxílio de uma assessoria, pois já chega com a casa/quarto alugado. (Procure nossa equipe, pois temos assessores que possam lhe ajudar!)

    Caso passe os 8 dias, não será possível iniciar o processo de reconhecimento da cidadania italiana e deverá regressar ao Brasil. Caso consiga um local apropriado para residir e registrar a residência, deverá ir ao Ufficio Anagrafe entre os primeiros 8 dias úteis para solicitar o registro da residência.

  3. 3. solicitar o pedido de reconhecimento da cidadania italiana após o registro de residência ter sido aprovado junto ao Ufficio dello Stato Civile. É necessário apresentar todos os documentos necessários (nascimento, casamento, óbito e CNN) junto às traduções, a Certidão de Residência (alguns Comune exigem), o formulário de solicitação do reconhecimento da cidadania italiana preenchido e um selo (marca da bolo).
  4. 4. após apresentar a documentação junto ao Stato Civile, deverá aguardar a análise dos documentos e a resposta no momento da solicitação ou por uma carta no local da sua residência.
  5. 5. fazer o Visto de Permanência na Itália caso seu processo demore mais do que 3 meses para ser concluído. Este visto se chama Permesso di Soggiorno in attesa di cittadinanza.
  6. 6. depois da análise dos documentos, primeiro esperar a solicitação do responsável do Stato Civile, da Certidão de Não Renúncia à Cidadania Italiana aos Consulados Italianos (Certificato di Non Rinuncia alla Cittadinanza Italiana). Este documento informará que você e nenhum dos seus familiares, aqueles lhe transmitem o sobrenome italiano diretamente, renunciaram à cidadania italiana. Em segundo, o requerente deve esperar a resposta do Consulado Italiano referente à Certidão de Não Renúncia à Cidadania Italiana (que demora entre 3 e 6 meses, geralmente).
  7. 7. ao chegar a Certidão de Não Renúncia, aguardar os funcionários do Stato Civile transceverem suas certidões de nascimento e casamento (caso seja casado) nos livros do Comune Italiano, o que leva de 1 a 2 semanas, e depois aguardar a convocação pelos funcionários do Stato Civile para assinar suas certidões nos livros do Comune. Se tudo correr bem, depois dessa etapa, o requerente pode ser considerado também um cidadão italiano ou melhor, um cidadão ítalo-brasileiro.
  8. 8. por último, solicitar a emissão de documentos italianos, como Passaporte Italiano, Carteira de Identidade Italiana (ou Certidão de Cidadania Italiana), Certidão de Nascimento Italiana e Certidão de Casamento Italiana.